Photographer: Geoffrey Roy from www.facebook.com/travelandroll All reproduction forbidden ©2018, Geoffrey Roy

Festival Convida 2022 traz dezenas de atrações e celebra sua 21ª edição

O Festival Convida, que ocorre há duas décadas, chega à 21ª edição com nova denominação e novos propósitos. Com título de Convida LAB — Aceleração de Bandas do Distrito Federal, o evento, coordenado pelos produtores artistas Fábio Pedroza e Eli Moura, oferecerá uma oportunidade a músicos que se preparam para o retorno presencial aos palcos, ao oferecer, gratuitamente, oficinas de capacitação. Inicialmente, houve um processo seletivo, realizado em dezembro último, com mais de 90 inscritos, durante o qual a curadoria selecionou nove semifinalistas, que foram presenteados com vídeos de avaliação, exibidos nas redes sociais do festival.

O Festival Convida, que ocorre há duas décadas, chega à 21ª edição com nova denominação e novos propósitos. Nomeado Convida LAB — Aceleração de Bandas do Distrito Federal, o evento, coordenado pelos produtores artistas Fábio Pedroza e Eli Moura, dará oportunidade a músicos que se preparam para o retorno presencial aos palcos, ao oferecer, gratuitamente, oficinas de capacitação. Inicialmente, houve um processo seletivo, realizado em dezembro último, com mais de 90 inscritos, durante o qual a curadoria selecionou nove semifinalistas, que foram presenteados com vídeos de avaliação, exibidos nas redes sociais do festival.

“Os participantes são bandas iniciantes, mas já com alguma estrada, que se interessaram pelo projeto, destaca Fábio Pedrosa. O processo de escolha feito por curadores, que encontraram dificuldades na seleção. “Optamos pela seleção, por dar oportunidade para bandas mais novas, que poderiam aproveitar mais das atividades promovidas pelo Convida LAB”, acrescenta.

O Festival Convida, que ocorre há duas décadas, chega à 21ª edição com nova denominação e novos propósitos. Nomeado Convida LAB — Aceleração de Bandas do Distrito Federal, o evento, coordenado pelos produtores artistas Fábio Pedroza e Eli Moura, dará oportunidade a músicos que se preparam para o retorno presencial aos palcos, ao oferecer, gratuitamente, oficinas de capacitação. Inicialmente, houve um processo seletivo, realizado em dezembro último, com mais de 90 inscritos, durante o qual a curadoria selecionou nove semifinalistas, que foram presenteados com vídeos de avaliação, exibidos nas redes sociais do festival.

“Os participantes são bandas iniciantes, mas já com alguma estrada, que se interessaram pelo projeto, destaca Fábio Pedrosa. O processo de escolha feito por curadores, que encontraram dificuldades na seleção. “Optamos pela seleção, por dar oportunidade para bandas mais novas, que poderiam aproveitar mais das atividades promovidas pelo Convida LAB”, acrescenta.

Entre nove pré-selecionados, os curadores escolheram cinco: Lydon, Ryck, Ralé Xique, Flor Furacão, Caleba Brasil e Trança. As bandas irão participar do laboratório, que terá início na segunda quinzena de janeiro/2022. Algumas atividades terão formato presencial e outras poderão ser on-line, segundo informação a produção do Festival Convida. Pedroza ressalta que essas atividades servirão de preparação para um show presencial, que ocorrerá no início de fevereiro, em local ainda não definido.