Avenida Comercial do Setor Oeste do Gama ganha nova pavimentação asfáltica

Avenida Comercial do Setor Oeste do ganha nova pavimentação asfáltica

Obra executada pela Novacap tem um investimento de mais de R$ 2 milhões do GDF

O Governo do Distrito Federal (GDF) investiu R$ 2.230.984,70 na reforma do pavimento asfáltico da Avenida Comercial do Setor Oeste, no Gama. Toda a camada de asfalto foi removida e dará lugar a um novo pavimento no trecho que vai da entrada da SOE Q 10 até a saída, próximo ao Shopping Popular do Gama.

O trecho tem 1,1 km de extensão por 7,5 metros de largura e a obra é executada pela Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap). De acordo com a administradora do Gama, Joseane Araújo Feitosa Monteiro, a avenida principal do Setor Oeste é um local onde o comércio é forte e há um grande fluxo de carros.

“A malha asfáltica era antiga e precisava ser renovada. Solicitamos junto ao GDF e à Novacap a realização dessa recuperação asfáltica e os comerciantes ficaram muito felizes com essa melhoria”, afirmou a administradora. Os quebra-molas já foram solicitados para a recomposição dos que foram retirados para a execução das obras de recapeamento.

Segundo a administradora da região, na via também foi feita a troca das lâmpadas comuns por lâmpadas LED. “São obras que trarão mais segurança e qualidade de vida para as pessoas que transitam no local”, completou Joseane.

A família de Luciano dos Santos mora no Gama desde 1979. Atualmente corretor autônomo, ele já foi comerciante na avenida e um dos moradores a enviar a demanda para a administração regional.

Essa é a maior comercial de rua do Gama, estava abandonada e necessitando mesmo de uma reforma. A população sofria com os buracos e remendos nessa via. Agora a situação será diferente”, observou.

Daniel Barbosa Antunes é proprietário de uma tradicional drogaria localizada na região há 50 anos, em frente à obra da avenida. De acordo com o comerciante, a reforma trará uma fluidez maior no trânsito para a população.

“É melhor uma obra definitiva que dure um pouquinho mais de tempo, do que remendos que não resolvem o problema. Além disso, traz um aspecto de cidade nova e cuidada”, comentou o comerciante.

Fonte: Agência Brasília